… a certeza de que isto somos nós. As conversas ajudam a contar.
20
Nov 11
ab-so-fucking-lu-tely, às 21:15Link | Comentar | Absolutamente adorável!
Mais uma noite domingueira em que não precisámos ser nenhuns veículos do dom da premonição para confirmar a certeza absolutérrima de ver Tété abrir caminho estúdio afora até à sua mesa alta como sempre apetrechada com cartões e àguinha preciosa para limpar a garganta. A coisa foi tiro e queda, mas isso do segredo do Paulo agora... não interessa nada.
 
Pois então parece que o sobrenatural habita a ''moradia-dos-que-piam-fininho", incorporado todinho (ou parte dele) no Ricardo-o-mal-amado que pressente a morte, disse ele, "quase sempre a seguir ao almoço" (!) 
Incentivado pela Tété, para explicar melhor ao povinho telespectador o que, concretamente, significa ''eu prevejo a morte'', partilhou do centro espírita da Masion des Secrets a história triste do acidente de automóvel que envolveu alguns dos seus amigos. O enredo seguia pesaroso e o meu nariz já torcia com premonições que invocavam uma reunião de emergência na Endemol no pós-gala para pôr os pontos nos i's à coisa: "ora muito bem Tété, Oh magestade! Isto o que se quer é Quizzes à Cátia e ajeitares sucessivos de microfone no meio das "barras d'ouro" da Susana e conversas mais ou menos directas sobre ''fazer o amor'' para cá ou para lá do estúdio! Nada disto de passar 15 minutos a batalhar em coisas negras, mórbidas e frias... estilo àgua sem gás!"
 
Ainda vagueavam a minha mente e o meu nariz nestas previsões do foro da produção audio-visual, senão quando se abateu sobre mim toda uma, ainda que leve, paralesia facial com o seguinte remate do Professor Caramba da Venda do Pinheiro: "Quando me disseram do acidente, pensei logo: eia!... ainda bem que não fui ao café!"
 
..
o
 
 
A ida do Miguel-o-filho-do-Bispo-Mórmon ao confessionário merece honras de pausa para destaque e direito a um grande e sincero bem-haja àquela mãe e àquele irmão "advo-precoce" pela injecção de ritmo e fluência discursiva e de normalidade ao grandioso formato de TV. Do fundo do coração. Apenas sinto novamenteo nariz a querer torcer com a discreta possibilidade de um acrescento à ordem de trabalhos da reunião Endemólica estilo junta de salvação nacional: "Ponto 2) Vedar o acesso da família do Miguel às galas ou qualquer tipo de entrevistas ou conteúdos dos directos sob pena de elevarmos o nível discursivo e temático da galinha dos ovos de ouro e provocar nós mentais nos fãs do Sr. Fernando, da Fanny, da Cátia e do cão do João M. no Facebook".
 
 
Ainda esta premonição se passeava no meu pensamento, e já seguia Cátia de rédea solta a galopar em cima daquele sofá rosa vivaço à prova de bala (da Kalashnikov do Paulo...) dizendo pérolas lindas e reluzentes como ''sim Teresã! Quére investir na minhã formação... sim! pedia sér medicinã, perque não?"
Tété aceitou o doce e galopou ainda mais depressa para abanar à piquena a velha do esternocleidomastóideu e a antazinha ali andou às voltas, às voltas e nada de cenoura à vista de seus pequeninos olhos trocados... mas enfim, respiremos de alívio porque, parece, que nem tudo está perdido! A moça pode ainda vir a ser uma boa atriz ou então... ''sei lá Teresã! Ache que ténhe jête pa fazér calquer coisinhã na tlevisão!"
Jeito para identificar onde mora a clavícula no corpo humano ou para nomear o Cristo Redentor lá no alto da cidade maravilhosa é que não é minha filha... deixa lá que o Senhor deve ter esticado um bocadinho mais os braços para ver se, de lá, te alcança e protege a ti ao ventinho de sul que habita essa cabecinha...
 
Depois do escape chamado Cátia já estavamos todos bem mais aliviados, de regresso à navegação na maionese do horário nobre dos domingos tugas quando tudo ficou ainda melhor! Susana, não contente com o efeito das suas vestes-que-quase-tudo-põem-a-nu duas vezes por semana, decidiu levantar-se e pousar à culturista de concurso somente respondendo à pergunta provocatória de Tété:
"Oh filha, então os seus colegas acharam que você, de entre todos eles, é a menos interessante?"
"Quer que me levante p'ra verem se eu sou mesmo a pessoa menos interessante Teresa?!"
E levantou-se.
 
..
O
 
 
Ainda bem que não tinha dado tempo para fechar a boca porque ouvi de seguida da Fanny um: "a metade de minhê que não saiuê por aquela puorta naquele dia cu Joãoê, táva ilusiónada e cum aleijamento!"...
Depois de séries sucessivas de maravilhas como esta, como é que a rapariguita acha senhores(!) que faz algum sentido perguntar à Tété: "Mazu Diougo num tá aíê?''... A mãezinha que num benha no bin'toito pó anibersário da filhinha que num é preciso tar a perder travalho lá na suiça pra vir ver e ouvir de perto o estrebuchar da criaturinha...
 
O fugitivo-ah!-afinal-não deve estar tão arrependidinho de não ter saído realmente daquela porta para a ruazinha fresquinha...
 

 

Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

28
29
30


Os Absolutamente Favoritos
Procurar Conversas...
 
Subscrever Feeds
blogs SAPO