… a certeza de que isto somos nós. As conversas ajudam a contar.
26
Set 11
ab-so-fucking-lu-tely, às 17:28Link | Comentar | Absolutamente adorável!

Afinal, parece que na 'Casa dos Shius' não se passeiam apenas músculos... na segunda das galas da nova era da Téte-Machine-do-Enterneiment os rapazes apelaram, num momento diria... tocante(!), à nossa compreensão da evidência das evidências...
Suspense. Esbugalhar de olhos. Engolir em seco e aumento gradual dos batimentos cardíacos...
Ora, parece então que os habitantes do Não-Oficial-Centro-de-Estudos-do-Comportamento-Humano  (pelo menos alguns dos seus espécimes...) já suplicam em directo e em horário nobre domingueiro, de rabo sentado no sofá em formato L gigante, que os entendamos como criaturas com sentimentos como todo e qualquer comum mortal até porque: 'óh Teresa... nós na somes só músqueles... nós tamém temes coração!' Pois claro que têm... pois claro que têm... creio que não se duvida que risos compulsivos sem motivo aparente, gastos consideráveis da produção em lenços de papel e lavandaria, tal não é a baba, o ranho e as lágrimas que meninos e meninas soltam ora porque têm 'sódades' (à primeira semana...), ora porque o outro cabrão ou a outra cabra que irão certamente afogar na piscina assim que surgir a oportunidade, estão a ''fazer joguinho sujo'' andando a ''espalhar merdas'' sobre eles lá dentro... ora por outro qualquer e absoluto desafio emocional!  Não pequenos gigantes dos esteróides... nós nunca duvidámos que vós tendes coraçaoê... duvidamos antes que tendes outras partes essenciais à vida humana mas isso agora... 'não interessa nadinhaaaaa'...
Um dos 'engaiolados' serve de prova viva desta teoria co-relacional em jeito pass-vit corpanzil VS músculo cardíaco. Parece que o rapaz sente (cá está o coraçaoê...) um ''amor psicológico'' pela sua domadora que, acontece, oh que infortunio! oh que desgraça!, sofre de ciumeira destemperada em estado avançado com perigosidade para a população ao seu redor (fujam!!) que, tendo-se sentido ameaçada, decidiu quebrar o voto de 'shiu!' e pôs a boca no trombone desbroncando o segredo dela e, por arrasto, o do desgraçadinho sodomizado... é uma pena...
No final da feira, sobraram os pregões da dona e senhora da palavra que, still (e para bem de todos!) não deixa ninguém falar mais que meio segundo, não vá que o coração de um deles não se aguente e exploda em directo, ao vivo e a cores... seria deveras 'sagradável...
O fim do suplício, lá pela uma da manhã, ditou que, às escuras, o tiro dos portugueses votantes acabou por acertar em cheio na rapariguinha das cantigas populares portuguesas, do pífaro e das módinhas rodopiantes a torto e a direito que, consta, chateava grandemente os companheiros. Saldo positivo pela coerência ou não fosse a Casa absofuckinglutely aquilo que é e o segredo da piquena: ''estou a estudar para freira''.

No término de 4 horas de Televisão portuguesa muito pouco dignas de registo, até mesmo para análises jocosas, fica então o repto à laia de ''vale a pena pensar nisto...'':
 
Caberá na mesma Casa um ser que luta com o esforço e a vontade de conseguir segurar com a palma da sua mão de mister muscle a mama tamanho litro da sua gája e uma jovem aspirante a irmã viciada no hit popular-regional 'Ó Laurindinha'?...

 

Ora façam o favor de pensar nisto.


22
Set 11
ab-so-fucking-lu-tely, às 22:20Link | Comentar | Absolutamente adorável!
Há cinco dias que a porta automatizada da Maison abaladora das audiências nacionais se abriu para deixar  entrar a catrefada de loiras e bodybuilders que povoam, para além da Casa, as capas das revistas rosa-fluorescente.
Não fossem eles, não correria a tinta que conta a quem quer, a quem não quer e a quem quer dizendo não querer, o sumo espremido a cada segundo, 24/7, daquelas laranjas ocas e inchadas.
Para uns 'experiência sociológica', para outros 'circo dos horrores'. Certo é que isto é o que vai lá dentro: 
  • Uma pousou para a Penthouse de Julho e afirma ser prima do Quaresma. Ele, disso, diz que...."é uma ciganice!" 
  • Outro, para além de cabeleireiro, é acompanhante de luxo muito bem sucedido entre homens e mulheres. (Algum dos segredos é: 'Dizem que sou bisexual e eu não sei o que isso significa' ?
  • Outro, segundo as super citadas ''fontes seguras'', presumível barman do La Movida no Montijo profundo, terá  morto um homem numa fatalidade em forma de acidente de viação e parece não se importar nada de recordar o sucedido transformando-o em segredo de Reality Show.
  • Outro ainda que, segundo as mesmas ''fontes seguras'', tendo passado ao lado de uma grande carreira no enorrme Vitórria de Setúbal, importa ao jogo porque, para além de se adorar a si próprio, é filho de um Bispo da Igreja Mórmon, ou antes, Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (!)...
  • Outros que fingem ser ex-namorados mas, na verdade, trabalham juntos no Clube de Strip que enche de luzes neon a rotunda da Oura em Albufeira. As  "fontes" dizem que ele, que nunca foi pasteleiro, era sim Dj e ''Relações Públicas'' no dito Club...
  • Outros fazem de conta que continuam a viver as suas vidinhas do lado de fora de la grand Maison fazendo do jardim da relva de tapete uma grande academia de musculação, afinal... foi também para isso que eles foram seleccionados, não é verdade minha gente?...
  • Outros brincam e chapinham na piscina. Há até umas e outras que se empoleiram, a pedido ou por sugestão, às cavalitas de uns e outros revelando o que se temia: as protuberânicas mamárias de umas e outras são maiores que a cabeça desses uns que carregam a dona das ditas redondas overquoted...
  • Outros já atiram ao lado marretando o botão vermelho-pica-no-olho por segredos que, apenas 5 dias depois de (quase todos...) terem conhecido as fronhas uns dos outros, não fazem, necessariamente, burbulhar a cola que falta às peças do puzzle...

No meio da salada e da fluorescência, a Tété enriquece mais ainda o buzz à volta do Show macho alfa dominante da TV portuguesa e avança com um polémico: "acho que vão haver muito mais envolvimentos desta vez do que houve em todas as outras...pode até ser que se conceba o primeiro bébé à la Reality Show"... (imagem mental, imagem mental, imagem mental!... um frasquinho de esteróides com rótulo amarelo oxigenado...!)
 
À parte toda esta riqueza factual que faz o sumo da indústria balofa do entertainment, é deveras intrigante que  a maralha que pouco mais tem ali dentro que saber e cumprir que os '10 Mandamentos' sem Tábua nem Moisés, na realidade do show... acontece que não sabe e, se não sabe... isso de cumprir 'não interessa naaaada...' e o Show agradece! 

Há quem não perca tempo e mostre as partes púb(l)icas a todos aqueles que tiveram acesso ao momento ''em directo para a Casa...'' do 'A Tarde é Sua' da desgraçadinha Fátinha Lopes que me foi mudar de vida para que lhe caíssem coisas destas no colo (salvo seja!) em pleno directo em horário da tarde (mas isso é assunto para dar outra crónica). 

Momento WTF! mostrado em Directo no Programa 'A tarde é sua' da Fátima Lopes

 
    No fim:  - É dxisto quiú mêu pôvu góstá minhá gêntxi!
    
    (Não é?)
    Shuuuuuuuuuuuuushhhh....

19
Set 11
ab-so-fucking-lu-tely, às 10:54Link | Comentar | Absolutamente adorável!
 

"BEM-VINDO À CASA DOS SEGREEEDOS..."


E eis que surge a Tété de todos nós, radiante e radiosa, finíssima, de mangas de rede, talvez da mesma malha da que vai, de certo, atirar por cima das cobaias da dita experiência sociológica que toda a gente insiste em chamar 'Show da Vida Real'.
A rede e os braços da brava retornada abriram-se para nos mostrar 'A Casa', colorida (mais para fluorescente), minimalista q.b. à la IKEA e arrumadinha, até que deixe de o ser pelas mãos das cobaiazinhas que cedo se encarregarão de esbardalhar, javardar e badalhocar a dita residência hiperbolicamente vigiada. O que dirá destes esforços mais ou menos epopeicos de decoração, o Camões pendurado na parede num painel pop art algures, pareceu-me, entre a sala e a cozinha?... Verá, com toda a certeza, mais ele só com um olho que os enclausurados com dois...
Será que terão sido as ninfas e os navegadores afoitos do dos Lusíadas a inspirarem o aumento dos dinheirinhos agora disponíveis para o jogo da roleta russa das apostas, como quem compete pelo primeiro lugar na corrida à mócada no botão mais vermelho que as rosas do regaço da Rainha Santa Isabel!?...
Eis também, e sobretudo, os concorrentes:


Sónia - Loira de boate do Nuorte que, fazendo gritantemente lembrar uma não-sei-quantas Salgado, diz ter cérebro e detestar gente parôla;


João F. - Parelha dans la vida real da primeiríssima, aparenta ser ou, vá lá, ter sido, modelo de slips da Abanderado, meteu-se nisto porque a namorada insistiu e é muito mulherengo. O menino é é dominatrixizado pela Miss Salgado 2 que, declarando não suportar lá muito bem a parolice (signifique isso o que significar para a senhora...) namora com um sujeito que ''tem muito boas capacidades, tem boa imagem, ah! e... é humilde''. Todos concordamos Sónia...a parolice é, de facto, insuoportábéle...


Cátia - jovem moçoila algarvia que brindou os milhões da plateia com uns mexe-mexe-quié-bom moves em toda a subida no monta-cargas até à varandinha estilo montra onde continuou a bamboliar mais que uma enguia a ser pescada ou até mesmo uma galinha no limiar de virar cabidela... para além do bamboleio, a Cátia diz que auxilia os enfermeiros a tratar dos velhinhos e assim... nas horas vagas auxilia os gatões, isto quando os consegue encontrar, claro, que é quando o ligeiro problema de estrabismo lho permite e a deixa ver o quê e onde começar a auxiliar...


Cleide - a nos finalmentes conhecida e apresentada 'Cúmplice da Voz' que, sendo advogada, não deve lá muito (pareceu) à eloquência discursiva, pelo menos durante todo o período que esteve plantada como uma semente ao vento da Venda do Pinheiro, juntamente com a Bruna-antes-de-ser-já-o-era...expulsa, à espera da permissão dos portugueses viciados nas chamadas de 60 cêntimos para entrar para o palácio. Vamos ver o que fará uma cúmplice, loira, advogada, aspirante a modelo, actriz  e apresentadora que ''também gosta de Jornalismo'' ahh! e ...da Emma BuNtton cantando o 'Stop right now, thank you very much...sim Teresa...só isto'...


Teresa - a ''turista'', estudante de Coimbra, porteira de discoteca para pagar as propinas (say what?!), teve uma entrada tão insonsa que esta sumária descrição poderia perfeitamente ter versado o: a ''florista'', vendedora de ramos e arranjos florais no Mercado de Condeixa a Nova, personal trainer para pagar o curso de esculpiço de margaridas bébes.


Filipe - o alentejano aspirante a escritor/poeta/politólogo/enólogo/boémio/ping'amor que tem na frase ''levo-as ao Éden'' a sua melhor dica de engate. Para além de toda esta confiança na destreza retórica, o menino é indivíduo para ''chamar o vento e ele vir'', só com o poder da mente...


Marco - o body builder pasteleiro da Pontinha, filho de pai ex-toxicodependente e recluso, ainda hoje chora quando sente a falta da sua Susana...a namorada que não queria, como ele, ter filhos porque isso, meus amigos, desmancha o corpinho àgente... há 3 meses que não dá sinal de vida...


Susana - não dava. Não dava sinal de vida... porque agora foi dar sinal de vida em pele osso, e dois litros de massa mamária fajuta em pleno confessionário lado a lado com o pasteleiro-armário que até lacrimejou perante a visão da fruta madura quase quase a cair de podre... Lá reapareceu na vida do super pai em potência a stiper viciada em plásticas, especialmente as da zona da prateleira superior que, depois de ter passado pelas Forças Armadas, decidiu incorporar duas bazucas no seu arsenal privativo... pode ser que esta bomba relógio de 'molho televisivo' aguente ainda um tempinho sem danificar o músculo cardíaco do rapaz e sem provocar um ou outro ataque de 'fobia dos claustros' à senhora, isto se não forem as suas duas amigas a enclausurarem-na contra a sua própria caixa toráxica (!)


Nádia - mais uma desempregada, que aprecia falar de sexo (especialmente do seu) com os pais, com os quais partilha a sua vida extremamente ocupada em angariar mais um futuro Corno de Portugal, distinção somente precedida pelas 7 Maravilhas de Portugal da... gastronomia.


João J. - um António que em vez de ser pastor é body builder/caçador/acordeonista/funcionário da empresa de Mármores e Granitos do papá que entrou a portinhola da Residência do Olho de acordeão aos ombros para a esperada produção do conjunto risadinhas + guinchinhos estridentes das coleguinhas de casa.


Fanny - portanto... há o Fanan e agora... há a Fanny!... que era para ter sido Stefany, como a do Mónaco, que a mãezinha queria tanto fazer a homenáge... mas então... a avózinha não se ajeitáva com o 'Sté...', ficou só Fanny que também é fine! Ora... a rapariga veio da Suíça (fazer o quê enfiar-se pu'dentro da crise quando podia ter ficado no paraíso fiscaló-bancário a ajudar a tratar das cramalheiras das pessoas!) de Hello Kitte em riste pronta para cantar muita musiquinha popular portuguesa na língua do Descartes e do Napoleão... (Fannyssíma?...) O mais interessante no que respeita à entrada da menina na Casa e, mais concretamente, ao estudo sociológico da coisa, pois concerteza, foi a inexistência da questão (ou similar!): ''Fá... quê?..."


Paulo -  mais um macho saído da fábrica dos 'maridos da Nancy-tu-és-única', segurança de discoteca cujo passatempo preferido (quando não está a puxar ferros) é ''sair com mulheres bonitas, jantar com mulheres bonitas, de preferencia acordar com mulheres bonitas'', tradução: o papa açordas.


Miguel - Psicólogo Clínico, setubalense, ego ao rubro, professor da arte da sedução, viciado em coloração de cabelo, momentânea e sucessivamente hipnotizado com as suas próprias madeixas, acha-se modeling material, absolutamente irresistível e, de certo, dá um french kiss ao espelho antes de adormecer. Question estridente na minha cabeça: o que está a fazer um colega meu de Liceu, da turma da porta ao lado, na Casa dos Segredos??...Isto é mais hipnotizante que a cor de cabeço dele... absofuckinglutely...


Daniela P. - cantora, actriz e RP de discoteca (outra versátil...), para além de artes marciais, lançou um: ''tenho um primo na selecção'' como engodo aos peixes. Isso é tão mas tão incrivelmente interessante que até a puseram de shorts a percorrer o 'calçadão' do Padrão dos Descobrimentos para disfarçar o poder da notícia...


Pedro - iden setubalense, bancário que queria ser barman (exacto...makes sense...) e que tem por terminar Ciências do Consumo. O que ele já consome são batidos proteicos em quantidades consideráveis, a tirar pelo volume de costas do menino tanto faz de blaser de fato, como de mascarado de avatar todo pintalgado de azul. Terá sido a RP dos patins que pintou a tela do 'sofredor de Poliamor'? ... diz que têm um relacionamento na vida que é real, para cá da portinhola da Casa. A doença Poli-coiso que o rapaz inventou (ou que inventaram por ele) deve ter aniquilado a dita relação nos entretantos da coisa porque se há alguma coisinha entre estes dois, o segredo da Tétezinha é ter tido mais de 500 mil relacionamentos enquanto apresentava o 'Não se Esqueçam da Escova de Dentes'.


Ricardo - o segundo pasteleiro (a Endemol terá precisado de asseguar o fornecimento de bolos para eventuais quebras de açucar da equipa de produção e conteúdos?...), farto da sua ''vidinha monótona'' pensou candidatar-se para ver se isto agitava mais o seu 'bágulho' que os raps e reggae song que cantarola com a sua banda. Parece que já temos a voz que faltava ao acordeão...


Daniela F. - psicologa, espanhó-tuga que pratica motocross. Divorciada de um desportista português (uhm...), descobriu que, no seu casamento, afinal havia outra. Será esta a mais smart da pandilha? Agora... mais para For2... ou mais para For4?...


João M. - algarvio, aspirante a moranguito, viciado em desporto diz que ''gosta de ler para pensar e evoluir''. O andar arqueado deve então derivar de uma imitação exaustiva da posição da estátua do pensador...


Delphine - ex aluna de Ballet, agora hip hoper (surpreendente), toca piano, clarinete, flauta guitarra e, claramente... fala francês. Para além do medo que as orelhas caiam se lhe tocarem nelas (!) e a referência a ter cócegas, não estou a ver assim mais nenhuma relevância acerca da mocinha com nome de golfinho.


Carlos - o homem-toupeira que a Tété mandou entrar por um alçapão com vista para a relva de tapete, é Cabeleireiro porque a mãe lhe escolheu a profissão no 'catálogo do Centro de Emprego', é do Porto e gosta de mulheres mais velhas. Ele e a psicóloga espanhó-tuga vão ter de fazer muitas mises até convencerem os restantes que a espanholice dela com a tatuage dele fizeram faísca...


Eis os 19 mais uma mescla de identidades mais ou menos reais com umas pontas reveladas de segredos mais ou menos impostos. Está aí a 2ª Casa plena de breguice, toraxes dilatados, silicones e estridências. Chegou o take 2  e diz que 'é tudo... por agora!'


Shuuuuuuuuuush...(antes que a Tétézinha regresse ao estúdio e queira gravar já as nomeações hoje, só assim porque anda num excitamento com isto como se tivesse ingerido uma palete de Red Bull de penalti!)


09
Set 11
ab-so-fucking-lu-tely, às 12:56Link | Comentar | Absolutamente adorável!
Afinal é real. Anda toda a gente (at least, a gente que ainda anda 'desgarrada') em busca de alguém.
Aquele alguém especial. Aquele alguém para chamar de seu. 
Acontece que eliminámos o sistema, antes instaurado, das madrinhas de guerra e dos soldados namoradeiros por carta e à varanda, do paizinho tirano controlador da moral e dos bons costumes. Vedámo-nos e evoluímos desses planos e combinações familiares de vizinhança e referências de bom nome, sem sequer deixarmos um parênteses para os bailes e bailaricos do convívio e das aparições sociais das meninas (mais ou menos) debutantes. 
Hoje, mesmo que ainda vamos 'aparecendo' de quando em vez nos bailes aka night clubs, o sistema é mais refinado e mais complexo...menos directo, mais...virtual (!) Temos debaixo da manga todos os phones e faces e books e chats e blogs e janelas variadas de algo mascarado de diálogo mas... será que podemos, debaixo desta umbrella da modernidade comunicacional descobrir o 'outro ideal'? ...
Inventem lá um novo paradigma por favor que não precise de teclados nem web cams...! É que, just saying...qualquer dia andamos todos agarrados aos nossos i-coisos que até já projectam hologramas dedicados a inventar realidades fantasiosas que apenas irão acontecer nas nossas cabecinhas viciadas em virtualidades (!) 
Parece que o cinema brasileiro já produziu o vaticínio da extremação da nossa loucura provocada por esta linda e bela crise de contacto e relação. Será tudo uma mão cheia de invenções de homens e mulheres ideais que não precisam de cartas, nem bailes, nem faces-coiso-e-tal para aparecerem nas nossas vidas e fazerem um maravilhosa e absolutamente bem-vindo delete à solidão. 

Vai uma dose de invisibilidadezinha para entreter na pausa da procura?
 
Trailer do Filme: 'A Mulher Invisível', 2009 (de Claúdio Torres)

05
Set 11
ab-so-fucking-lu-tely, às 12:36Link | Comentar | Absolutamente adorável!
Quando for grande, quero ser como a Charlize!
J'adore ♥


02
Set 11
ab-so-fucking-lu-tely, às 11:36Link | Comentar | Absolutamente adorável!
 
Mote para o weekend que se avizinha:
 
Se o tempo joga c'agente, agente jigajoga c' o tempo!

 

Tags:

Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
21
23
24

25
27
28
29
30


Os Absolutamente Favoritos
Procurar Conversas...
 
Subscrever Feeds
blogs SAPO